terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Ser comunidade, para ser igreja…

Gosto muito de sonhar. E os sonhos que mais me encantam são os que me acontecem quando estou acordado, porque esses me fazem arregaçar as mangas e lutar por eles.

Estes sonhos comprometem-me…

Assumo-os como projeto, e ganho razões para lutar, e ganho uma mão cheia de bons motivos para sorrir…

Há uns tempos, dei comigo a sonhar que a minha Igreja era mais parecida com o que Jesus Cristo a chama a ser…

Sonhei que todos os cristãos do mundo, todos os que somos Igreja, tínhamos de novo sentado aos pés de Jesus, no cimo de um monte qualquer, como bons discípulos que bebem das palavras do mestre os segredos fundamentais das suas vidas.