quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Otimizar-se é Otimizar as relações!

Ser pessoa é assumir a sua condição de ser livre, responsável, único, original e irrepetível, que se constrói em densidade de amor e se realiza na comunhão. Viver é conViver! Um ser humano reduzido a si próprio, nunca chega a ser ele próprio. Só nos encontramos verdadeiramente no encontro com outros. É no “rosto” do outro que eu conheço a verdade do meu “rosto”. Já reparaste que, diretamente, ninguém pode ver o seu rosto, mas apenas o rosto dos outros? Sim, estamos talhados para a reciprocidade do encontro, da comunhão, do face-a-face.

Quando a vida vai sendo marcada por muitos “desencontros”, ou seja, face-a-face pobres em amor, verdade e atitudes humanizantes, o coração vai ficando dolorido, sente-se pobre e inseguro… Assim, normalmente tende a fechar-se, que é uma forma de proteção. Nascem assim as pessoas pessimistas nas relações, não por maldade, mas por “instinto de defesa e proteção”.